Museus estatais representam 1,6% do PIB da Itália

Setor produziu 27 bilhões de euros no ano passado

Movimentação em frente às Gallerie degli Uffizi, em Florença
Movimentação em frente às Gallerie degli Uffizi, em Florença (foto: ANSA)
12:55, 07 OutROMA ZLR

(ANSA) - A atividade dos 358 museus estatais da Itália produziu 27 bilhões de euros em 2018, o que equivale a 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

Os dados estão em um estudo feito pela firma de consultoria Boston Consulting Group (BCG) a pedido do Ministério dos Bens Culturais italiano.

A pesquisa também mostrou que os museus do governo nacional geraram 117 mil postos de trabalho no ano passado e atraíram 53 milhões de visitantes.

"Investir em cultura e em nossos museus faz bem às mentes, às almas, mas também faz muito bem à economia do país", disse o ministro Dario Franceschini.

Para efeito de comparação, o setor de agricultura contribuiu para 2,1% do PIB italiano em 2018, e os dados do estudo incluem apenas os museus do governo nacional, que representam 10% do total do país.

Entre os museus estatais da Itália estão o Parque Arqueológico do Coliseu, em Roma, as Gallerie degli Uffizi, em Florença, e o sítio arqueológico de Pompeia, nos arredores de Nápoles. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA