Itália candidatará café napolitano para patrimônio mundial

Candidatura será lançada em uma conferência nesta terça-feira

Itália candidatará café napolitano para patrimônio mundial
Itália candidatará café napolitano para patrimônio mundial (foto: Ansa)
20:45, 29 NovNÁPOLES ZRS

(ANSA) - A região da Campânia, na Itália, irá lançar nesta segunda-feira (2) a candidatura do café napolitano para ser considerado Patrimônio Mundial da Unesco.

A candidatura será anunciada durante uma conferência internacional promovida pela Campânia, que terá como tema "Heranças culturais intangíveis, entre ritual e socialidade".

"Um reconhecimento que confirmaria a singularidade e a irreprodutibilidade de um produto típico do território que é famoso em todo o mundo", afirmou o vereador Francesco Borrelli.

Entre os promotores da candidatura, cujo procedimento começou com uma coleta de assinaturas no famoso bar Gambrinus, figura Borelli, que também é presidente do Observatório Regional do Patrimônio Cultural da Campânia.

"O café expresso napolitano tem suas próprias peculiaridades que o caracterizam e o diferenciam de todos os outros tipos de café expresso. Nosso objetivo é o reconhecimento da UNESCO como patrimônio mundial com base no que já aconteceu com a pizza napolitana", explicou Borrelli.

Em 2017, a "Arte dos Pizzaiolos Napolitanos" foi escolhida como novo Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco. Foi a primeira vez na história que a arte de fazer um alimento vira um patrimônio mundial.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA