Em complexa operação, Veneza desarma bomba da 2ª G.M.

Explosivo foi detonado ontem (2), em mar aberto

Em complexa operação, Veneza desarma bomba da 2ª G.M.
Em complexa operação, Veneza desarma bomba da 2ª G.M. (foto: ANSA)
15:14, 03 FevVENEZA ZBF

(ANSA) - As autoridades italianas conseguiram desarmar uma bomba da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) encontrada recentemente em Veneza, em uma complexa operação realizada no último domingo (2).

A bomba com 127 kgs de explosivos foi achada em um canteiro de obras, há duas semanas, soterrada em Marghera, na via Galileo Ferraris, a poucos metros do pavilhão da Expo de Veneza.

Para retirar a bomba, de origem americana, foi necessário evacuar 3,5 mil pessoas do entorno, além de impedir que visitantes, turistas e moradores de Veneza se locomovessem enquanto as equipes especiais trabalhavam. Linhas de ônibus, trens, barcos e até o tráfego aéreo foram suspensos durante a operação, que durou das 7h às 12h locais.

Retirada da terra, a bomba foi levada até o mar, onde foi detonada por volta das 15h40 locais. Caso a bomba tivesse explodido em solo, poderia provocar uma cratera de 10 metros e espalhar estilhados em um raio de 1,5 km.

Acredita-se que a bomba tenha sido lançada por forças aliadas no bombardeio de Mestre, em 28 de março de 1944. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA