Praia da Sardenha cobrará ingresso de banhistas

Projeto de La Pelosa começará a partir do próximo verão

Praia da Sardenha cobrará ingresso de banhistas
Praia da Sardenha cobrará ingresso de banhistas (foto: Ansa)
15:29, 20 FevCAGLIARI ZRS

(ANSA) - A praia La Pelosa, uma das principais e mais movimentadas da região da Sardenha, vai exigir a partir do próximo verão que os banhistas paguem uma tarifa para entrar no local. Segundo o prefeito da cidade de Stintino, Antonio Diana, as novas regras, como o preço dos bilhetes, ainda serão elaboradas.

O político ainda acrescentou que a tarifa deve ser entendida pelo público como "uma parcela que deve ser paga para contribuir com os custos de manutenção" da praia.

Os ingressos deverão custar cerca 3,50 euros por pessoa, com exceção para crianças de até 12 anos de idade. A tarifá entrará em vigor no período entre 1º de junho e 30 de setembro de cada ano.

De acordo com Diana, a praia só poderá receber até 1,5 mil pessoas. A quantidade foi estimada após os últimos estudos realizados pela cidade.

"É um número de banhistas que, como já destacado por uma série de estudos realizados em anos anteriores, pode ser considerado adequado para a praia. O local já experimentou diversas superlotações, com picos que excederam até 5 mil pessoas. Na entrada será entregue uma pulseira biodegradável que será de cores diferentes", explicou Diana.

As regras já estabelecidas em 2018 permanecerão em vigor, como as proibições de fumar e de acesso de animais até às 20h. Além disso, os banhistas também não podem levar areia da praia ou conchas para casa.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA