Itália promove cultura virtual para enfrentar isolamento

Iniciativa foi batizada de '#WeareItaly' e conta com artistas

iniciativa foi batizada de
iniciativa foi batizada de "#WeareItaly ("Nós somos Itália", em tradução livre) (foto: Foto/ Divulgação)
17:24, 19 MarROMA ZCC

(ANSA) - O Ministério das Relações Exteriores da Itália lançou nesta quinta-feira (19) uma campanha para promover a cultura "criativa e vital" durante a batalha contra o avanço do novo coronavírus (Sars-CoV-2), que já matou mais de 3,4 mil pessoas no país.

A iniciativa foi batizada de "#WeareItaly ("Nós somos Itália", em tradução livre) e conta com o apoio de diversas personalidades como o tenor Andrea Bocelli, Uto Ughi, Tiziano Ferro, Paolo Fresu, Ada Montellanico, Nek, Andrea Griminelli, Rita Marcotulli, Fabrizio Bosso, entre outros.

Na campanha, os artistas gravaram mensagens em vídeos fazendo um apelo a todos os italianos para permanecerem conectados com o mundo da cultura mesmo durante o período de isolamento domiciliar.

Além disso, a Farnesina divulgará outras iniciativas promovidas pelas instituições culturais italianas com o objetivo de oferecer aos cidadãos do país e do mundo "momentos exclusivos de entretenimento cultural virtual".

Entre os conteúdos há toda a "cultura da web" oferecida por museus e arqueólogos, parques, bibliotecas, festivais, teatros, cinema, TV, rádio, entre outros.

A ideia é demonstrar que a Itália, apesar da pandemia, é capaz de continuar produzindo e disseminando cultura e entretenimento de alta qualidade.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o site oficial será atualizado com novos vídeos e conteúdos exclusivos diariamente, promovendo canais sociais e a rede de embaixadas, consulados e institutos italianos de cultura em todos os países. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA