Chef Massimo Bottura mantém restaurantes fechados na Itália

Apesar de aval do governo, casas devem reabrir só em junho

Massimo Bottura pretende reabrir seus restaurantes no dia 2 de junho
Massimo Bottura pretende reabrir seus restaurantes no dia 2 de junho (foto: ANSA)
13:30, 18 MaiBOLONHA ZLR

(ANSA) - Apesar da permissão do governo da Itália para a reabertura de restaurantes, o chef Massimo Bottura decidiu manter suas casas fechadas ao menos até o dia 2 de junho.

Em entrevista ao jornal Il Resto del Carlino, o chef mais famoso do país disse que quer "criar todos os pressupostos para abrir em segurança". "Para a equipe, para meus garotos, que nunca pararam de trabalhar e a quem quero manter seguros - são meu futuro -, e para os fornecedores e clientes", declarou.

Bottura, no entanto, defendeu a reabertura do setor, permitida pelo governo nesta segunda-feira (18) - até então, os restaurantes só podiam funcionar por delivery ou para viagem. "Cedo ou tarde, essa decisão tinha de ser tomada. Precisaremos de bom senso, mas acredito nos italianos", acrescentou.

A partir de 2 de junho, a Osteria Francescana, principal restaurante de Bottura e eleito o melhor do mundo em duas ocasiões, terá um menu totalmente renovado e inspirado no álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", dos Beatles.

A reabertura de restaurantes faz parte da "fase 2" das medidas de combate à pandemia do novo coronavírus na Itália, que totaliza 225 mil casos e 32 mil óbitos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en