Florença celebra 600 anos da Cúpula de Brunelleschi

Estrutura que cobre a catedral da cidade foi iniciada em 1420

A monumental Cúpula de Brunelleschi domina o panorama de Florença
A monumental Cúpula de Brunelleschi domina o panorama de Florença (foto: ANSA)
14:46, 06 AgoFLORENÇA ZLR

(ANSA) - A cidade de Florença, na Itália, celebra nesta sexta-feira (7) os 600 anos do início da construção da Cúpula de Brunelleschi, a obra mais icônica da cidade e que revolucionou a arquitetura no Renascimento.

A monumental estrutura que cobre o cruzeiro da Catedral de Florença foi projetada pelo arquiteto Filippo Brunelleschi (1377-1446) e começou a ser construída em 7 de agosto de 1420, sendo finalizada somente em 1436 - já a lanterna foi concluída em 1471.

Mesmo depois de seis séculos, a Cúpula de Brunelleschi continua sendo a maior do mundo feita em alvenaria. A cobertura é constituída de duas estruturas octogonais situadas a 55 metros de altura: uma interna, com 45,5 metros de diâmetro, e outra externa, de 54,8 metros. Sua altura chega a 91 metros, levando em conta a base da lanterna.

A Prefeitura de Florença planejava uma série de eventos para celebrar a efeméride, mas acabou forçada a adiar a maior parte das iniciativas em função da pandemia do novo coronavírus. Ainda assim, nos meses de agosto e setembro, a cúpula voltará a ficar aberta ao público todos os dias da semana, e com horário prolongado até as 21h.

Para subir até o cume da cúpula - após atravessar uma escadaria desaconselhável para claustrofóbicos -, é preciso reservar o ingresso online por 20 euros (R$ 126). A visita tem de ser agendada devido às medidas contra aglomeração para conter a pandemia, e vários horários dos próximos dias já estão esgotados. (ANSA) 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en