Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália

Tradições gastronômicas fazem parte das celebrações no país

Colomba pascal está entre as principais receitas
Colomba pascal está entre as principais receitas (foto: Divulgação)
20:13, 01 AbrSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Por Luciana Ribeiro - No próximo domingo (4), fiéis do mundo todo celebram uma das datas consideradas mais importantes entre os cristãos: a Páscoa. São muitos os significados que envolvem esse feriado, mas a tradição gastronômica é parte importante das comemorações na maioria das culturas, e na Itália não é diferente.

Muitos italianos costumam ficar sem comer carne durante toda a Quaresma e, na Sexta-Feira Santa, optam por um peixe ou torta pasqualina. Já no domingo de Páscoa, o cordeiro é um dos pratos mais tradicionais, principalmente por remeter ao "cordeiro de Deus", ou seja, Jesus Cristo.

Entre as sobremesas, além dos ovos de chocolate, a colomba pascal é uma das protagonistas nas mesas dos italianos, que neste ano terão de apostar em seus dotes culinários, já que o país enfrentará um lockdown durante o feriado para conter a propagação do novo coronavírus.

Confira a seguir essas e outras receitas típicas da Páscoa na Itália:

Torta Pasqualina -

A torta pasqualina é constituída por camadas de massa folhada recheada com queijo e espinafre, ingrediente que pode ser substituído por alcachofras. Conta a lenda, que no passado, essa receita era preparada para celebrar a primavera e o despertar da natureza.

Pizzetta -

Esse é um dos petiscos mais escolhidos como entrada na Páscoa pela simplicidade de seu preparo. Para fazer, basta usar uma massa folhada cortada em quadrados, recheá-la com molho de tomate e muçarela e levá-la ao forno.

Lasanha com ragu de cordeiro -

Durante o feriado, a famosa massa italiana ganha a versão pascal, na qual o ragu clássico é substituído por uma carne moída de cordeiro.

Cannelloni -

Considerados uma alternativa à lasanha, os cannelloni recheados são perfeitos para surpreender. Os clássicos são recheados com um mix de carne e linguiça e acompanhados pelo sabor suave do molho bechamel. Já a versão vegetariana pode ser preparada com espinafre, abobrinha e berinjela.

Costeleta de cordeiro -

As costeletas de cordeiro são uma das preparações que nunca faltam nas mesas de Páscoa na Itália. A carne pode ser preparada de acordo com o gosto do cozinheiro, mas as formas mais comuns são frita, assada no forno ou na churrasqueira.

Rosbife em crosta de sal -

Servido geralmente como segundo prato, o rosbife com crosta de sal e ervas aromáticas costuma surpreender os convidados. Esse tipo de cozimento mantém a carne macia e saborosa sem o uso de gordura. O prato é acompanhado de batatas.

Tiramisù de colomba -

Essa releitura moderna substitui a clássica sobremesa italiana à base de café e a torna perfeita para a Páscoa. Nessa versão, os biscoitos são substituídos por uma base de colomba pascal embebida em café ou licor. O mascarpone, no entanto, continua presente, bem como uma grande dose de cacau polvilhado.

Colomba -

Este é, certamente, o bolo de Páscoa mais popular na Itália e também o mais comercializado. A receita é assada em forma de pomba, para simbolizar a paz, e leva farinha, ovos, açúcar, fermento natural e manteiga. A cobertura é feita com açúcar e amêndoas.

Pinza -

Espécie de pão aromatizado com casca de limão e laranja e que, segundo a tradição, deve ser servido com uma fatia de presunto para marcar o fim do jejum na Sexta-feira Santa. Normalmente, na superfície é desenhado um Y para simbolizar a paixão de Cristo.

Salame del papa -

Típico do Piemonte, o salame del papa - salame de chocolate - é feito com manteiga, avelãs, biscoito, açúcar e cacau. A receita é simples, basta apenas misturar os ingredientes e moldá-los no formato de um salame.

Pasimata -

Bolo toscano de Páscoa, a pasimata é preparada em até dois dias. O doce típico de Garfagnana é feito com farinha, ovos, manteiga, açúcar e fermento. O gosto é parecido ao do panetone, aromatizado com anis e casca de laranja.

Cuddura -

A sobremesa originária da Sardenha é feita de massa de pão e decorada com ovos cozidos e confeitos de chocolate coloridos. O doce pode ter um formato de pomba, sino, coração e até de cesta.

Cassata -

Existem diversas versões do doce na Itália, porém a mais tradicional leva pão de ló, ricota, amêndoas e frutas cristalizadas. As porções individuais do bolo são chamadas de cassatine.

Pastiera Napoletana -

Esta é uma torta recheada com uma mistura de trigo cozido, leite e ricota. O doce pode ser aromatizado com casca de laranja, canela, baunilha ou casca de limão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA