Mais ativistas do Greenpeace são libertados na Rússia

A Justiça local concedeu a liberdade sob fiança a eles

Presos desde setembro, ativistas deixam prisão na Rússia
Presos desde setembro, ativistas deixam prisão na Rússia (foto: EPA)
14:39, 21 NovMOSCOU ZBF

(ANSA) - Mais ativistas do Greenpeace deixaram a prisão hoje, dia 21, depois de um tribunal russo ter concedido a liberação sob fiança. Três ativistas são russos e foram identificados como Denis Siniakov, fotógrafo; Andrei Allakhverdov, porta-voz do Greenpeace na Rússia; e Lekaterina Zaspar, médico de bordo. Segundos fontes locais, o italiano Christian D'Alessandro também saiu da cadeia nesta quinta-feira. Eles foram detidos com o grupo de 30 membros do Greenpeace em setembro, após a realização de um protesto em uma plataforma de petróleo da Gazprom no Ártico. Ontem, a brasileira Ana Paula Maciel foi a primeira ativista a deixar a cadeia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en