Presidente se desculpa mais uma vez por naufrágio

A mandatária também anunciou mudanças na Guarda Costeira

Naufrágio de embarcação causou a morte de 302 pessoas
Naufrágio de embarcação causou a morte de 302 pessoas (foto: EPA)
17:46, 19 MaiTÓQUIO ZCC

(ANSA) - A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, voltou a se desculpar pelo naufrágio da embarcação que resultou na morte de 302 pessoas, grande parte de estudantes.
    "Como presidente e responsável pela vida e a segurança das pessoas, ofereço as minhas profundas desculpas pela dor sofrida", declarou a presidente. "A responsabilidade final por não ter havido a resposta correta ao acidente é minha", afirmou Park em discurso na televisão carregado de emoção e lágrimas.
    Por causa do naufrágio, a Guarda Costeira sul-coreana agora passará ao comando do Ministério da Segurança Nacional. A presidente explicou que a decisão foi tomada devido à péssima resposta na primeira fase de socorro.
    A crise causou um verdadeiro terremoto político. O primeiro-ministro Chung Hong-won anunciou sua demissão, mas continuará no cargo até o fechamento formal da crise. A liderança presidencial está sendo colocada a duras provas, já que a popularidade de Park caiu quase pela metade. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA