Alemão é detido por passar informações a Washington

Governo diz não ter conhecido de episódio divulgado por imprensa

Sede da NSA, nos EUA
Sede da NSA, nos EUA (foto: EPA)
12:53, 05 JulBERLIM ZSG

(ANSA) - Um agente do Serviço de Relações Exteriores da Alemanha (BND, na sigla em alemão) está sendo investigado pelo Ministério Público Federal sob a suspeita de ter espionado o trabalho da Comissão Parlamentar que analisa o caso conhecido como Datagate passando informações aos Estados Unidos.
    Informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira, dia 4, por diversos meios de comunicação da Alemanha. Ainda de acordo com a imprensa local, o espião foi preso dois dias atrás em Berlim.
    A espionagem teria durado dois anos, período durante o qual o homem de 31 anos passou documentos de inteligência alemãos para a Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) em troca de dinheiro. Os arquivos teriam sido vendidos a 75 mil euros durante reuniões na Suíça.
    A chanceler alemã, Angela Merkel, não foi informada sobre o assunto, disse o porta-voz Steffen Seibert. O representante não especificou, no entanto, se o tema da espionagem foi tratado em telefonema entre a líder e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, realizado nesta quinta-feira. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA