Crise imigratória é o 'maior desafio' da UE, diz Tusk

Ele alertou para o perigo do fim do Tratado de Schengen

Crise imigratória é o 'maior desafio' da UE, diz Tusk (foto: EPA)
16:02, 27 OutESTRASBURGO ZSG

(ANSA) - A crise imigratória é "o maior desafio" da União Europeia (UE) e pode destruir conquistas como a liberdade de circulação garantida pelo Tratado de Schengen, disse o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

    Em discurso em plenária no Parlamento europeu, ele acrescentou que "o mais perigoso é que as mudanças no panorama político europeu não serão para o melhor".

    Desta forma, ele insistiu na "extrema importância" de assegurar a união dos estados membros e das instituições europeias. "Juntos podemos enfrentar esta crise, caso contrário, não quero pensar na alternativa".

    O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, por sua vez, disse que será possível flexibilizar as regulamentações do orçamento do bloco devido aos custos que a crise está trazendo.

    Segundo ele, a UE enfrenta "uma situação excepcional". Juncker ainda explicou que a flexibilidade será analisada levando em conta cada país. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA