Ex-mulher de líder do EI é solta em troca de reféns

Beirute fez um acordo de reféns com a Frente al Nusra

Ex-mulher de líder do Estado Islâmico é solta em troca de reféns (foto: ANSA)
13:00, 01 DezBEIRUTE ZBF

(ANSA) - A ex-esposa do líder do grupo extremista Estado Islâmico (EI, ex-Isis), Abu Bakr al Baghdadi, foi libertada nesta terça-feira (1) pelas autoridades do Líbano, em uma troca de prisioneiros.

 

A mulher, identificada como Saja al Dulaimi, e dois filhos devem seguir viagem à Turquia, de acordo com a rede Al Jazeera. As duas receberam escolta da Cruz Vermelha. A troca de prisioneiros ocorreu entre o governo libanês e o grupo terrorista Frente al Nusra.

 

A organização soltou 16 soldados e policiais libaneses capturados em agosto de 2014 durante uma operação. Ainda não se sabe quantas pessoas Beirute libertou em troca dos militares, mas a imprensa local fala em 13. O acordo levou meses para ser negociado e foi mediado pelo Qatar.

 

Em novembro de 2014, as autoridades libanesas anunciaram que haviam prendido Saja al Dulaimi com um filho de oito anos de idade do líder do EI. Eles teriam sido detidos na fronteira com a Síria, com documentação falsa. Grávida, a mulher deu à luz na prisão no Líbano.
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en