Turquia bloqueia acesso ao WikiLeaks após vazamento

Site vazou documentos relacionados ao partido governista

Turquia bloqueia acesso ao WikiLeaks após vazamento
Turquia bloqueia acesso ao WikiLeaks após vazamento (foto: ANSA)
19:42, 20 JulANCARA ZSG

(ANSA) - As autoridades da Turquia bloquearam o acesso ao site WikiLeaks após o vazamento de quase 300 mil documentos do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP, na sigla em turco), do presidente Recep Tayyip Erdogan.
   
"A censura é sempre um sinal de medo - alguém está com muito medo do WikiLeaks", publicou o organismo em sua conta no Twitter.
   


   
Dias antes, quando anunciaram o vazamento, representantes do site disseram que "apoiadores do partido AKP devem prestar atenção. Nosso megavazamento pendente de documentos tanto ajuda como prejudica o AKP. Estão prontos para descobrir tudo?".
   
O primeiro lote de documentos contém 294.548 e-mails, sendo que o envio do mais recente é datado de 6 de julho de 2016 e o mais antigo de 2010. (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA