Moscou encontra corpos torturados em fossa em Aleppo

Corpos teriam sinais de tortura e mutilação

Moscou encontra corpos torturados em fossa em Aleppo (foto: EPA)
11:40, 26 DezMOSCOU ZAR

(ANSA) - Os militares russos afirmaram nesta segunda-feira (26) terem encontrado valas comuns na cidade de Aleppo, na Síria.
   

Segundo o Ministério da Defesa russo, os corpos foram achados com sinais de tortura. "As tropas russas têm encontrado fossas comuns com diversas dezenas de sírios que sofreram atrocidades, torturas e massacres".
   

De acordo com o porta-voz Igor Konashenkov, os cadáveres foram mutilados além de apresentaram sinais de ferimentos de bala.
   

Recentemente, foi denunciada a existência de mais de 70 fossas comuns feitas pelo jihadistas do Estado Islâmico (EI) entre o Iraque e a Síria.
   

Calcula-se que as valas clandestinas contenham entre 5 mil e 15 mil corpos. Outras covas de vítimas das atrocidades ainda devem ser encontradas pelas forças dos governos locais.
   

Os números apresentam um panorama das ações do grupo, que tenta desde 2014, implementar um califado na região. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA