Heineken pode ser banida da Hungria por usar estrela vermelha

Governo do populista Orbán quer vetar 'símbolos totalitários'

Heineken pode ser banida da Hungria por conta de estrela vermelha
Heineken pode ser banida da Hungria por conta de estrela vermelha (foto: WikiCommons)
18:03, 29 MarSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Famosa no mundo todo, a marca holandesa de cervejas Heineken pode ser banida da Hungria por conta de sua estrela vermelha. Isso porque o governo do populista e ultranacionalista Viktor Orbán apresentou um projeto de lei que proíbe a utilização de "símbolos de governos totalitários" em produtos comerciais.

Entram nessa lista, a suástica usada pelos nazistas, os símbolos da foice e martelo e da estrela vermelha, ligada aos comunistas, entre outros. Segundo o governo, o uso da estrela vermelha "causa sofrimento" aos húngaros, que viveram sob um pesado regime comunista.

No entanto, a decisão de apresentar o projeto veio logo após a Heineken derrotar na Justiça a empresa Lixid Project, que é da Transilvânia, mas fica em uma área de forte presença húngara.

Para o governo, tudo tratou-se de uma coincidência.

A Heineken, que usa a estrela vermelha desde 1880 e que só mudou de cor durante o período da Guerra Fria, ressalta que sua marca nada tem a ver com o comunismo e que ela "não tem relação com nenhum movimento político". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA