Após 35 anos, Arábia Saudita reabrirá salas de cinema

Locais funcionarão a partir de março de 2018, disse o governo

Medida do príncipe Mohammed bin Salman faz parte do plano
Medida do príncipe Mohammed bin Salman faz parte do plano "Vision 2030" (foto: EPA)
09:55, 11 DezRIADE ZBF

(ANSA) - Após 35 anos, a Arábia Saudita reabrirá suas salas de cinema a partir do ano que vem. O governo aprovou hoje (11) uma resolução para concessões de licenças a serviços comerciais de cultura.

De acordo com fontes locais, os primeiros cinemas voltarão a funcionar no próximo mês de março. As salas de cinema foram fechadas nos anos 1980 na Arábia Saudita, devido ao caráter ultraconservador do governo da época.

Agora, o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman tenta reverter a situação, com uma série de reformas de abertura social, como a histórica autorização para as mulheres dirigirem carros a partir de 2018. As medidas integram o chamado "Vision 2030", plano lançado em abril pelo príncipe herdeiro com o objetivo de diversificação econômica.

Líderes religiosos ultraconservadores, no entanto, ainda se opõem às medidas, considerando-as "fontes de depravação". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA