Vice de Trump vai a Jogos com mensagem dura para Pyongyang

Pence participará da abertura das Olimpíadas de Inverno

Vice de Trump vai a Jogos com mensagem dura para Pyongyang
Vice de Trump vai a Jogos com mensagem dura para Pyongyang (foto: Ansa)
11:29, 06 FevWASHINGTON ZCC

(ANSA) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, informou nesta terça-feira (6) que não exclui um encontro com a delegação da Coreia do Norte durante os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang.
   

O republicano, que estava a caminho da Ásia, ainda disse que vai ressaltar a visão de Washington de que a Coreia do Norte está tentando usar a competição para fazer propaganda explícita.

Pence viaja junto com o pai de Otto Warmbier, estudante norte-americano que ficou preso na Coreia do Norte durante 17 meses e morreu em junho de 2017 por falta de oxigenação e sangue no cérebro. O homem foi convidado para participar da cerimônia de abertura dos Jogos nesta sexta-feira (9).
   

"O vice-presidente estará lá com o senhor Warmbier para lembrar o mundo das atrocidades que acontecem na Coreia do Norte", disse uma autoridade da Casa Branca no início da semana.
   

Durante a viagem, Pence também visitará um memorial dedicado a 46 marinheiros sul-coreanos que morreram em 2010 no naufrágio de um navio de guerra que Seul atribuiu a um ataque da Coreia do Norte.
   

Como parte dos esforços para melhorar as relações, a Coreia do Sul, aliada próxima dos Estados Unidos, aceitou a participação da delegação norte-coreana. No entanto, diversos conselheiros de Trump veem a aprovação do ditador Kim Jong-un à Olimpíada como uma fachada de boa vontade e cooperação internacional.
   

Desta forma, Washington quer convencer aliados a manter a pressão sobre Pyongyang, segundo informaram as autoridades.
   

Por sua vez, o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, quer aproveitar os Jogos para melhorar os laços com os vizinhos do norte e abrir a porta para um eventual diálogo sobre seus programas nucleares.

"Através da participação da Coreia do Norte, a 'Olimpíada da Paz' se realizou e isso criará um fundamento para melhorar as relações intercoreanas", disse o chefe dos Jogos, Lee Hee-beom. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA