Pesquisadores identificam restos mortais de Amelia Earhart

Pioneira da aviação havia desaparecido no Pacífico em 1937

Pesquisadores identificam restos mortais de Amelia Earhart
Pesquisadores identificam restos mortais de Amelia Earhart (foto: EPA)
20:07, 08 MarROMA ZLR

(ANSA) - Os restos mortais de Amelia Earhart, pioneira da aviação dos Estados Unidos e que desaparecera em 1937, foram identificados, de acordo com uma análise publicada na revista "Antropologia Forense".

Segundo Richard Jantz, da Universidade do Tennessee, as ossadas foram identificadas em 1940, em um atol de corais chamado Nikumaroro. No entanto, foram atribuídas na época a um homem.

"As ciências forenses não estavam muito bem desenvolvidas no começo do século 20", disse Jantz. Por isso, ele decidiu fazer uma nova análise, utilizando o programa "Fordisc".

Através da investigação, verificou-se que 99% do material tinha semelhança com a composição óssea de Amelia Earhart. 

Para estabelecer um parâmetro de seus ossos, comparou-se o tamanho dos restos com outros objetos que aparecem próximos a Earhart em imagens. Também foi feita uma análise das roupas que a piloto usava.

Em 1928, Earhart tornou-se a primeira mulher a viajar sozinha pelo Oceano Atlântico. Já em 1937, quando realizava um voo com o objetivo de dar a volta ao mundo, a piloto sofreu um acidente e era dada como desaparecida desde então. 

Sabia-se que o último lugar pelo qual ela passara era sobre o Oceano Pacífico, próximo à Ilha Howland. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA