Assad diz que ataque na Síria servirá para unir país

Presidente expressou convicção em reunião com russos em Damasco

Assad diz que ataque na Síria servirá para unir país
Assad diz que ataque na Síria servirá para unir país (foto: EPA)
13:49, 15 AbrBEIRUT ZCC

(ANSA) - O presidente Bashar al-Assad afirmou neste domingo(15) que está convencido de que os bombardeios realizados pelos Estados Unidos, França e Reino Unido na última sexta-feira(13) contra a Síria vão "unir o país".
   

A declaração foi dada durante uma reunião em Damasco com deputados russos, que definiram Assad como um líder "positivo e de bom humor". A foto da delegação foi publicada no Twitter da presidência síria.
   

No encontro, o presidente sírio também chegou a denunciar uma "campanha de falácias e mentiras" contra seu país por parte dos governos de Donald Trump, Emmanuel Macron e Theresa May no Conselho de Segurança da ONU.

Segundo comunicado publicado no Telegram de Assad, "a agressão tripartite com mísseis contra a Síria foi acompanhada de uma campanha de falácias e mentiras no Conselho de Segurança por parte dos mesmos países agressores contra a Síria e a Rússia".

Para ele, o ataque é uma violação dos direitos internacionais, principalmente porque a Rússia e a Síria "não só estão em uma batalha contra o terrorismo, mas também para proteger a lei internacional baseada no respeito à soberania dos Estados soberanos e a vontade dos seus povos". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA