Trump e Kim se preparam para reunião histórica em Singapura

EUA exigem fim de programa nuclear da Coreia do Norte

Trump e Kim se preparam para reunião histórica em Singapura (foto: ANSA)
08:30, 11 JunSINGAPURA ZBF

(ANSA) - Faltam poucas horas para o histórico encontro entre o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Singapura, que pode marcar uma nova fase na relação bilateral entre os países, até hoje caracterizada por tensões políticas e ameaças de guerra.

Programado para esta terça-feira (12), noite de segunda-feira no Brasil, o encontro fará os mandatários discutirem uma "nova relação" entre os dois países, de acordo com fontes locais.

"Deve-se tratar da construção de um mecanismo de paz duradoura e permanente na península coreana", destacou a agência KCNA.

Trump e Kim irão negociar um plano de trabalho que servirá para guiar a relação entre os dois países no futuro. Mas, para isso, os EUA exigem que a Coreia do Norte abandone totalmente seu programa nuclear. Os diplomatas dos dois países trabalham nos detalhes finais para o encontro, que ocorrerá no Hotel Ritz Carlton.

O primeiro aperto de mão entre Trump e Kim está marcado para às 9h locais de amanhã (22h de hoje em Brasília). Em seguida, eles terão uma discussão acompanhada por intérpretes e tradutores oficiais, a qual pode durar até duas horas.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou que Washington permanece empenhada "na completa, verificável e irreversível desnuclearização" da região das Coreias, e que esse é o "único resultado que os EUA aceitarão? da reunião.

Segundo ele, as negociações estão "avançando rapidamente", mas as sanções "permanecerão" até que este último cenário se concretize. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA