Venezuela decreta feriado por reconversão da moeda do país

Novo sistema monetário entrará em vigor no dia 20 de agosto

Venezuela decreta feriado por reconversão da moeda do país (foto: ANSA)
12:37, 14 AgoCARACAS ZFD

(ANSA) - O presidente da Venenzuela, Nicolás Maduro, anunciou que a próxima segunda-feira (20) será feriado no país devido à reconversão monetária que irá remover cinco zeros da antiga moeda, dando origem ao "bolívar soberano".

De acordo com o chefe de Estado venezuelano, a antiga moeda do país, o bolívar forte, será usada para "varejo", porque "há muitos bens e serviços que terão um preço abaixo do bolívar soberano".

O novo sistema monetário terá moedas de 50 centavos e de um bolívar, além de cédulas de dois, cinco, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 bolívares. A medida irá substituir as atuais notas, que são de mil, 2 mil, 5 mil, 10 mil, 20 mil, 50 mil e 100 mil.

De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a entrada da nova moeda servirá para aliviar a alta inflação do país, que tem previsão para fechar o ano em 1 milhão por cento.

Maduro também revelou que, a partir da próxima segunda-feira (20), a Venezuela terá duas moedas, que serão o "soberano bolívar e o petro", uma criptomoeda. Segundo o chefe de Estado venezuelano, isso dará "estabilidade" financeira ao país.

Maduro ainda disse que o novo sistema salarial e de bens e serviços será revelado em breve, além de informar que a mudança significará uma "melhoria substancial" para os trabalhadores. O presidente venezuelano também pediu mais "empenho" à população.

A Venezuela enfrenta uma grave crise econômica, além de sofrer com a falta de alimentos e medicamentos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA