Cuba permite acesso à internet móvel no país

Ilha restringia rede a executivos e autoridades

Serviço custará US$ 0,10 por megabyte.
Serviço custará US$ 0,10 por megabyte. (foto: ANSA)
14:22, 05 DezHAVANA ZFD

(ANSA) - O governo de Cuba anunciou nesta terça-feira (4) que a população de país terá acesso à internet pelo telefone celular a partir desta quinta-feira (6). Mayra Arevich, presidente da Etecsa, empresa estatal que detém o monopólio das telecomunicações na ilha caribenha, fez um comunicado em rede nacional de televisão, em que anunciou que os cubanos terão acesso à rede 3G de internet móvel.

Antes disso, os cidadãos só podiam acessar contas de email pelos telefones, sendo que autoridades do governo e visitantes estrangeiros que viessem a negócios já tinham acesso à rede há alguns anos.

Desde que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reaproximou-se do ex-presidente cubano Raul Castro, em 2014, o país vem expandindo a disponibilidade de internet para empresas e pessoas. O acesso doméstico só foi autorizado em 2017, apesar de haverem centenas de pontos públicos de rede Wi-Fi disponibilizados pelo governo.

O novo serviço custará US$ 0,10 por megabyte, com pacotes que variam entre 600 mega e 4 gigabytes, que custam o equivalente a US$ 30. A internet em Cuba é parcialmente censurada pelo governo, que bloqueia páginas que defendem mudanças no regime da ilha. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA