Com shutdown, Trump pede fast food em evento na Casa Branca

Paralisação do governo americano entra em sua quarta semana

Com shutdown, Trump pede fast food em evento na Casa Branca (foto: ANSA)
16:26, 15 JanWASHINGTON ZLR

(ANSA) - Em meio à paralisação do governo, que já dura mais de 20 dias, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu mais de mil hambúrgueres para receber os atletas do time de futebol americano Clemson Tigers, em evento realizado nesta segunda-feira (14), na Casa Branca.

Campeã da NCAA (National Collegiate Athletic Association), a equipe universitária foi convidada para se reunir com o chefe de Estado. Mas, graças ao "shutdown" parcial do governo, Trump decidiu encomendar fast food para oferecer ao time.

"Pedi uns mil hambúrgueres para os senhores. Todos de empresas americanas: Burger King, Wendy's e McDonald's", declarou o mandatário durante a recepção. Trump enfatizou que pagou o jantar do próprio bolso, por causa da falta de funcionários na Casa Branca, causada pela paralisação.

Trump se recusa a assinar o orçamento para financiar o governo federal enquanto não forem incluídos os gastos para arcar com a construção do polêmico muro na fronteira com o México. Já os democratas, que dominam a Câmara de Representantes, se negam a aceitar a medida.

O atual bloqueio administrativo parcial do governo americano já é o mais longo da história e deixou mais de 800 mil funcionários públicos sem salários. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA