Trump proíbe presidente da Câmara de usar avião oficial

Casa Branca cancelou de última hora viagem de Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi
A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi (foto: EPA)
20:55, 17 JanWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou nesta quinta-feira (17) uma viagem internacional da mandatária da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, em função da queda de braço sobre o muro na fronteira com o México.

Por meio de uma carta, a Casa Branca afirmou que a visita de Pelosi à Bélgica, ao Egito e ao Afeganistão foi cancelada por causa da paralisação do governo americano. "Se ela quiser, poderá ir com um voo comercial", ironizou Trump, em clara represália pelo fato de o Partido Democrata, maioria na Câmara, não aprovar a destinação de US$ 5,7 bilhões para a construção do muro.

A medida abre uma crise institucional sem precedentes na história recente dos EUA, já que Pelosi é a terceira na hierarquia do Estado. Na carta, Trump nega à democrata o uso do avião militar normalmente utilizado em missões internacionais, insinuando que a viagem não é importante.

"Neste momento, é muito melhor ficar aqui e negociar comigo por uma fronteira mais segura e pelo fim do shutdown", disse. A delegação guiada por Pelosi já estava pronta para deixar o Congresso quando chegou o veto da Casa Branca.

Recentemente, a presidente da Câmara pediu que Trump suspendesse o discurso do Estado da União, previsto para 29 de janeiro, devido à falta de agentes de segurança provocada pela paralisia do governo.

Os EUA vivem o "shutdown" mais longo da história - quase 30 dias - porque o presidente se recusa a assinar qualquer orçamento que não inclua os recursos para o muro no México. Os democratas, por sua vez, rejeitam qualquer possibilidade de aceitar a proposta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA