Mueller diz que denúncias contra Trump são 'imprecisas'

Comunicado foi revalado por porta-voz do procurador especial

Mueller diz que denúncias contra Trump são 'imprecisas' (foto: ANSA)
15:13, 19 JanWASHINGTON ZCC

(ANSA) - O procurador especial Robert Mueller, que apura supostas interferências russas nas eleições de 2016 e um conluio entre o Kremlin e a campanha do presidente Donald Trump, avaliou as novas denúncias publicadas no site BuzzFeed News contra o republicano como "imprecisas".

O comunicado revelado nesta sexta-feira (18) pelo porta-voz, Peter Carr, afirma que "a descrição do BuzzFeed de declarações específicas ao gabinete do procurador especial e a caracterização de documentos e depoimentos obtidos por este escritório sobre o testemunho ao Congresso de Michael Cohen são imprecisos".

Uma reportagem do site informa que o presidente dos Estados Unidos teria ordenado que seu ex-advogado Michael Cohen mentisse ao Congresso sobre as negociações para construir um edifício em Moscou, na Rússia.

De acordo com o texto, Trump teria pedido para Cohen afirmar que as tratativas para levantar uma Trump Tower em Moscou haviam terminado meses antes do que de fato ocorrera. A suspeita teria sido confirmada pelo próprio advogado.

A publicação foi rebatida pelo presidente dos Estados Unidos no Twitter. "Um dia triste para o jornalismo, mas um grande dia para o nosso país." O magnata ainda ressaltou que o relatório foi "pago pela corrupta Hillary Clinton e pelos democratas". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA