EUA manda novos soldados para fronteira com México

Atualmente, o país conta com mais de 4 mil militares na região

Militares dos EUA abordam migrantes perto de McAllen, no Texas
Militares dos EUA abordam migrantes perto de McAllen, no Texas (foto: EPA)
15:30, 29 JanNOVA YORK ZLR

(ANSA) - O Departamento de Defesa dos Estados Unidos decidiu enviar novas tropas para a fronteira com o México, voltando a aumentar a presença militar na região.

O anúncio foi feito pelo chefe interino do Pentágono, Patrick Shanahan. Atualmente, os EUA contam com 2,1 mil membros da Guarda Nacional e 2,35 mil militares na ativa na fronteira, sendo que o pico foi de 5,9 mil.

Segundo a Casa Branca, o objetivo da presença militar na região é bloquear a imigração ilegal e o tráfico de drogas. Esse é um dos principais cavalos de batalha do presidente Donald Trump, que paralisou o governo por mais de um mês para obter do Congresso US$ 5,7 bilhões para construir um muro na fronteira.

O "shutdown" só terminou na última sexta-feira (25), com um acordo para financiar o governo por pelo menos três semanas, enquanto a Casa Branca e o Congresso continuam negociando o orçamento para 2019. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA