Plano de May para negociar Brexit é derrotado no Parlamento

Divórcio está marcado para ocorrer no dia 29 de março

Plano de May para negociar Brexit é derrotado no Parlamento
Plano de May para negociar Brexit é derrotado no Parlamento (foto: EPA)
18:15, 15 FevLONDRES ZCC

(ANSA) - A Câmara dos Comuns rejeitou nesta quinta (14) a moção apresentada na última segunda-feira (11) pela primeira-ministra britânica, Theresa May, na qual pedia mais duas semanas para negociar a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o chamado Brexit.

A iniciativa para evitar a saída do país do bloco sem acordo foi descartada pelos parlamentares por 303 votos contra 258. A derrota na votação simbólica sobre o novo plano complica ainda mais a posição da premier frente a Bruxelas, que insiste que não mudará o termos do tratado.

No entanto, o resultado desta quinta não obriga o governo britânico a mudar sua estratégia. "O governo de May não tem a maioria no que diz respeito ao divórcio", alegou o líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn, após o resultado da votação.

Durante declaração, ele ainda se disse surpreso que a premier britânica não estava presente no local e a desafiou a aparecer no Palácio de Westminster antes do dia 27 de fevereiro, data definida para uma nova rodada de votações.

A saída do Reino Unido da UE está marcada para acontecer no próximo dia 29 de março, com um período de transição até 31 de dezembro de 2020, caso seja firmado um acordo a tempo entre os parlamentos do país e do bloco.

No entanto, Corbyn denunciou o crescente risco de um Brexit sem acordo já que a data marcada se aproxima. Além disso, o líder da oposição acusou a política de pedir um novo adiamento para "chantagear" os parlamentares.

May, por sua vez, apesar da derrota, avança com seus planos de negociação, principalmente depois de prometer que irá ao Parlamento no dia 27 com uma nova proposta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA