Líderes da UE concordam em adiar Brexit até 31 de outubro

Este é o segundo adiamento concedido pelo bloco aos britânicos

Líderes da UE concordam em adiar Brexit até 31 de outubro
Líderes da UE concordam em adiar Brexit até 31 de outubro (foto: ANSA)
20:45, 10 AbrBRUXELAS ZCC

(ANSA) - O Conselho Europeu aceitou o adiamento do Brexit, pela segunda vez, pedido pela primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, para até o próximo dia 31 de outubro, com uma revisão em junho, informaram fontes diplomáticas.
    A decisão de estender o prazo foi revelada pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, em uma publicação no Twitter. No entanto, a mudança ainda precisa ser aprovada por May.
    "Os 27 países-membros da UE concordaram com a extensão do artigo 50. Agora, me reunirei com a primeira-ministra Theresa May para o acordo com o governo britânico", escreveu Tusk.
    O prazo inicial do Brexit era 29 de março de 2019, mas a data foi adiada para 12 de abril. O acordo entre Londres e Bruxelas já foi rejeitado três vezes pelo Parlamento britânico, que também rechaçou todas as alternativas propostas tanto pelo governo quanto pela oposição. Hoje, May foi até Bruxelas para se reunir com os líderes de 27 países para pedir um novo adiamento. A chefe de governo mirava o dia 30 de junho como prazo-limite.
    Com a nova data, o acordo precisará ser revisado em junho para uma avaliação se as condições impostas estão sendo cumpridas, entre elas está a participação do Reino Unido nas eleições para o Parlamento Europeu.
    "Uma extensão do Brexit até 31 de outubro faz sentido, já que dá ao Reino Unido tempo para escolher definitivamente o seu caminho. A revisão em junho permitirá que o Conselho Europeu faça um balanço da situação", escreveu no Twitter Jospeph Muscat, premier de Malta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA