ONU diz que ofensiva turca deslocou 100 mil pessoas na Síria

Ação militar contra curdos já deixou ao menos 11 mortos

ONU diz que ofensiva turca deslocou 100 mil pessoas na Síria
ONU diz que ofensiva turca deslocou 100 mil pessoas na Síria (foto: ANSA)
19:50, 11 OutBEIRUTE ZCC

(ANSA) - A Organização das Nações Unidas (ONU) informou nesta sexta-feira (11) que a ofensiva turca contra a minoria curda no norte da Síria já provocou o deslocamento de cerca de 100 mil pessoas.

No comunicado, divulgado no terceiro dia de ataques comandados por Ancara, a ONU fez um alerta sobre o impacto humanitário, apesar de ameaças de sanções dos Estados Unidos.

"O impacto humanitário já está sendo sentido. Estima-se que 100 mil pessoas já deixaram suas casas", diz a nota.

A Organização ainda explica que a maioria das pessoas "está abrigada em outras comunidades, mas aumenta o número daqueles que chegam a abrigos coletivos nas cidades de Al Hasakeh e Tal Tamr".Além disso, muitos estão buscando refúgio em escolas.

A ofensiva teve início após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar a retirada de suas tropas especiais de postos de observação na fronteira entre a Síria e a Turquia.

Pelo menos 11 civis morreram, mas grupos humanitários afirmaram que o número pode aumentar ainda mais.

Diante do cenário crítico, o republicano ordenou nesta sexta-feira (11) que seu governo prepare sanções "significativas" contra os turcos. As punições não serão aplicadas imediatamente. No entanto, elas têm o objetivo de "dissuadir" o governo de Recep Tayyip Erdogan, de continuar com a ação militar". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA