Novo vírus na China pode ter infectado ao menos 1700 pessoas

Até o momento, surto provocou a morte de dois cidadãos

Novo vírus na China pode ter infectado ao menos 1700 pessoas
Novo vírus na China pode ter infectado ao menos 1700 pessoas (foto: Ansa)
14:17, 18 JanROMA ZCC

(ANSA) - O número de infectados com um "vírus misterioso" que provocou a morte de duas pessoas na China pode chegar a 1700, muito superior ao informado pelas autoridades locais, revelaram pesquisadores britânicos.

Segundo os chineses, o surto aconteceu em Wuhan, no centro do país, e afetou pelo menos 50 cidadãos. Outras duas pessoas foram encontradas na Tailândia e no Japão.

No entanto, um artigo publicado por cientistas do Imperial College London informa que o número de casos na cidade deve ser maior. Investigadores do Centro de Análise Global de Doenças Infeciosas, que aconselha instituições como a Organização Mundial de Saúde (OMS), estimam que "um total de 1.723 pessoas" em Wuhan apresentavam sintomas da doença desde 12 de janeiro.

As autoridades de saúde locais, por sua vez, tentaram tranquilizar a opinião pública, ressaltando que o risco de transmissão do vírus entre humanos, se não foi excluído, é considerado baixo.

A cepa é um novo tipo de coronavírus, uma família com um grande número de vírus. Eles podem causar doenças leves nos seres humanos, como um resfriado, mas também outras mais graves.

Cingapura e Hong Kong estão examinando passageiros aéreos de Wuhan, e as autoridades americanas anunciaram medidas semelhantes em três grandes aeroportos: San Francisco, Los Angeles e Nova York. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA