China soma 304 mortes e 14 mil infectados por coronavírus

Filipinas registrou a primeira morte fora da China

China soma 304 mortes e 14 mil infectados por coronavírus
China soma 304 mortes e 14 mil infectados por coronavírus (foto: EPA)
12:43, 02 FevPEQUIM ZBF

(ANSA) - Com mais 2.590 casos confirmados, a China atualizou para 14,3 mil o balanço de pessoas contagiadas pelo novo coronavírus. Até o momento, 304 mortes ocorreram no país.
    Este é o relatório mais recente divulgado pelas autoridades chinesas neste fim de semana. A província de Hubei é a mais atingida pela epidemia. Para conter o surto, as autoridades chinesas estão adotando medidas de contenção, como isolamento e restrição à circulação.
    Na cidade de Wenzhou, que tem nove milhões de habitantes, as ruas foram fechadas e os moradores estão orientados a permanecerem em casa. A cada dois dias, uma pessoa por família poderá sair para comprar bens de necessidade básica. Já em Wuhan, considerada o epicentro da epidemia, as pessoas que tiveram contato com infectados pelo coronavírus foram isoladas, assim como quem apresenta quaisquer sintomas como febre ou problemas pulmonares. As autoridades chinesas, porém, estão precisando de material médico. A União Europeia (UE) pediu para que seus Estados-membros enviem máscaras para Pequim, em apoio aos hospitais. Neste domingo (2), o Banco Central da China anunciou ainda que injetará 1,2 trilhão de yuanes (cerca de US$ 175 bilhões) para reforçar a economia do país, afetada pelo surto do novo coronavírus.
    Exterior - A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o governo das Filipinas confirmaram que um homem de 44 anos, originário da China, morreu em Manila em decorrência do novo coronavírus. Ele estava internado desde o dia 25 de janeiro com um quadro de pneumonia. Trata-se da primeira morte fora da China devido ao coronavírus nCoV 2019. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA