Coronavírus derruba bolsas e cancela eventos pelo mundo

Mercado europeu deve ter pior semana desde crise de 2008

Azerbaijão, Bielorrússia, País de Gales e Nova Zelândia confirmaram casos do novo coronavírus
Azerbaijão, Bielorrússia, País de Gales e Nova Zelândia confirmaram casos do novo coronavírus (foto: EPA)
09:21, 28 FevSÃO PAULO E ROMA ZBF

(ANSA) - Mais países confirmaram nesta sexta-feira (28) os primeiros contágios do novo coronavírus: Azerbaijão, Bielorrússia, País de Gales e Nova Zelândia.

A China continua como o país com o maior número de contágios, (78 mil), seguida pela Coreia do Sul (2,3 mil) e pela Itália (650). Os dados são do último balanço oficial divulgado por cada governo.

O Brasil informou no boletim de ontem (27) que há um caso confirmado e 132 suspeitos no momento. Nigéria e Holanda também confirmaram contaminações durante a quinta-feira.

Diante o surto mundial, o Salão do Automóvel de Genebra - que deveria ocorrer de 5 a 15 de março - foi cancelado, seguindo uma recomendação do governo da Suíça de não realizar eventos com mais de 15 mil pessoas.

O complexo temático da Disney em Tóquio, no Japão, anunciou hoje que ficará fechado por duas semanas. "A Disneylândia de Tóquio e o DisneySea vão fechar excepcionalmente a partir deste sábado, 29 de fevereiro, até 15 de março", informou a administração da atração turística.

A epidemia do novo coronavírus pelo mundo também tem causado perdas enormes aos mercados financeiros, que operam em baixa pelo sexto dia seguido.

Na Europa, as principais bolsas abriram hoje em queda, com retrações superiores que passaram de 4% em Frankfurt, Londres, Paris, Madri e Milão.

De acordo com analistas, os mercados europeus devem encerrar a semana com os piores resultados desde o período de crise financeira de 2008. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA