China relaxa quarentena na província de Hubei

Pandemia do novo coronavírus teve início na região

Estação ferroviária de Wuhan, capital de Hubei, na China
Estação ferroviária de Wuhan, capital de Hubei, na China (foto: AFP)
10:22, 24 MarPEQUIM ZLR

(ANSA) - Após dois meses de confinamento por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), as autoridades da província de Hubei, na China, relaxaram nesta terça-feira (24) as restrições de deslocamento para os cidadãos.

Segundo comunicado do comitê local de controle e prevenção da pandemia, pessoas sem risco de contágio poderão entrar ou sair da província. Além disso, três aeroportos retomarão suas atividades nesta quarta (25).

A exceção é a capital Wuhan, onde a pandemia teve início e onde o relaxamento deve começar a partir de 8 de abril. Um balanço divulgado nesta terça aponta 78 novos casos de Sars-CoV-2 no país, sendo um em Wuhan, após cinco dias sem contágios na cidade, e 74 importados do exterior.

Com medidas draconianas de confinamento, a China conseguiu conter o ritmo de evolução da pandemia, que contaminou 81,6 mil pessoas e matou 3,3 mil no país, mas agora tenta evitar que os casos importados deem novo impulso aos contágios.

Até esta quarta, a China não havia registrado mais do que 45 casos provenientes do exterior em um único dia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA