Suécia tem maior taxa de mortalidade por Covid-19 do mundo

País adotou uma postura mais flexível durante pandemia

Suécia adotou medidas de combate à pandemia mais brandas
Suécia adotou medidas de combate à pandemia mais brandas (foto: EPA)
12:11, 21 MaiROMA ZGT

(ANSA) - A Suécia superou o Reino Unido, a Itália e a Bélgica e tornou-se o país com a maior taxa de mortalidade per capita do novo coronavírus (Sars-CoV-2), informou o jornal britânico "The Telegraph" com base em dados do site "Our World in Data".

Segundo o estudo, a Suécia tem 6,08 mortes por milhão de habitantes por dia no período entre 13 e 20 de maio. Já o Reino Unido contabiliza 5,57 mortes por dia, a Bélgica tem 4,28 e os Estados Unidos registram 4,11.

Com isso, a estratégia do governo sueco de adotar uma política de isolamento mais branda, confiando na conscientização da população, foi colocada em cheque. Diferentemente de outros países que tiveram uma grande expansão da Covid-19 em seu território, os suecos mantiveram escolas para menores de 16 anos abertas, bem como bares, restaurantes e comércio em geral.

No entanto, os dados do Centro Universitário Johns Hopkins mostram que a estratégia tem resultado pior que seus três vizinhos da Escandinávia: Dinamarca, Noruega e Finlândia, que adotaram o lockdown e têm números bem menores durante a pandemia.

Até esta quinta-feira (21), a Suécia registra 32.172 casos da doença - contra 11.380 na Dinamarca, 8.281 na Noruega e 6.423 na Finlândia. Os óbitos pela Covid-19 somam 3.871 no território sueco, contra 561 na Dinamarca, 306 na Finlândia e 234 na Noruega.

Em sua defesa, o estrategista do plano sueco, o epidemiologista Anders Tegnell, diminuiu a importância do levantamento porque ele se concentra apenas em uma semana. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA