Pequim isola 11 bairros após novos casos da Covid-19

Nove escolas e jardins de infância também foram fechados

Nove escolas e jardins de infância também foram fechados
Nove escolas e jardins de infância também foram fechados (foto: EPA)
13:43, 13 JunROMA ZCC

(ANSA) - Onze bairros residenciais no sul de Pequim, na China, foram isolados neste sábado (13) devido ao surgimento de novos casos de coronavírus (Sars-CoV-2) ligado a um mercado de carne localizado próximo dessas áreas.

De acordo com as autoridades, pelo menos sete casos estão relacionados ao mercado de carne de Xinfadi. Nove escolas e jardins de infância próximos foram fechados. Ao todo, há seis novos casos da Covid-19 transmitidos internamente confirmados em Pequim nas últimas 24 horas.

O mercado de Xinfadi, que tem cerca de 4 mil estabelecimentos comerciais, será desinfetado, segundo a agência oficial de notícias Xinhua.

Ontem (12), o governo de Pequim já havia suspendido a retomada das aulas primárias na capital chinesa após a notificação de três casos do novo coronavírus nos últimos dois dias. As infecções ocorreram de forma comunitária, sem contato com pessoas que foram ao exterior.

Apesar da China ter registrado uma grande quantidade de casos da doença, com 84.220, a maioria deles ficou restrita à província de Hubei. Pequim, por sua vez, foi menos afetada, com 595 infecções desde janeiro, de acordo com dados da Comissão de Saúde Municipal da capital. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA