Em meio a tensão racial, Trump planeja visita a Kenosha

Cidade é palco de protestos devido ao 'caso Jacob Blake'

Kenosha tem sido palco de protestos desde abordagem violenta contra Jacob Blake
Kenosha tem sido palco de protestos desde abordagem violenta contra Jacob Blake (foto: EPA)
13:19, 30 AgoWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitará na próxima terça-feira (1º) a cidade de Kenosha, que entrou para o noticiário mundial após ter sido palco de mais um episódio de violência policial contra negros.

Segundo a Casa Branca, Trump se encontrará com representantes das forças de segurança. O comunicado não faz nenhuma menção a Jacob Blake, homem negro que levou sete tiros nas costas durante uma abordagem policial e ficou paralítico. Os médicos ainda não sabem se a lesão será permanente.

Um vídeo da cena mostra que Blake foi baleado enquanto entrava em seu carro. A polícia de Kenosha alega que ele tinha uma faca em seu automóvel e tentou resistir à prisão, versão negada pela família, que diz que Blake estava apenas tentando separar uma briga.

O caso serviu de combustível para reacender os protestos antirracismo desencadeados no país após o assassinato do ex-segurança negro George Floyd em uma abordagem policial em Minneapolis, em maio.

Na noite do último sábado (29), ao menos um homem morreu em meio a confrontos entre manifestantes do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) e apoiadores do presidente Trump. A polícia, no entanto, não divulgou a identidade da vítima nem confirmou se o caso está diretamente ligado aos protestos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA