Twitter remove post de Trump por 'dado enganoso' sobre Covid

Publicação reduziu número de mortes pelo coronavírus no país

Presidente dos EUA publicou texto com informações falsas
Presidente dos EUA publicou texto com informações falsas (foto: EPA)
15:34, 01 SetSAN PAULO ZCC

(ANSA) - O Twitter removeu nesta terça-feira (1º) uma publicação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na qual o número de mortes pelo novo coronavírus Sars-CoV-2 no país foi reduzido, após considerar a informação "enganosa".

A mensagem compartilhada pelo republicano era do perfil "Mel Q", um seguidor do movimento de teoria da conspiração QAnon, e afirmava que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) "atualizaram discretamente o número de mortes de Covid, admitindo que apenas 6% das vítimas relatadas - cerca de 9 mil - realmente morreram" em decorrência da doença.

Segundo o texto, "o resto [dos pacientes que perderam a vida] tinha duas ou três doenças graves".

No entanto, em sua atualização em maio, o CDC escreveu que, em 6% das mortes relatadas, a Covid-19 foi a "única causa de morte", o que não significa que apenas 6% das mortes sejam atribuíveis aos vírus, mas que 94% das vítimas tiveram pelo menos um outro fator que contribuiu para a morte.

Desta forma, o Twitter removeu a publicação porque viola as regras da rede social sobre desinformação. Esta não é a primeira vez que Trump tem postagens bloqueadas. Recentemente, uma de suas mensagens foi apontada como "informação enganosa", enquanto a outra foi uma violação de regras sobre "enaltecimento à violência". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA