Irã bate recorde e registra 415 mortes por Covid em 24 horas

Segundo dados oficiais, país contabiliza mais de 33 mil óbitos

Além das 415 mortes, foram registrados 6.824 novos casos em apenas 24 horas no Irã
Além das 415 mortes, foram registrados 6.824 novos casos em apenas 24 horas no Irã (foto: EPA)
13:27, 28 OutTEERÃ ZGT

(ANSA) - O governo do Irã anunciou que o país registrou 415 mortes pelo coronavírus Sars-CoV-2 nas últimas 24 horas, um recorde desde o início da pandemia em fevereiro desse ano. Com isso, o total de vítimas chegou 33.714.

O porta-voz do Ministério da Saúde, Sima Liri, ainda informou que foram contabilizados 6.824 novos casos de Covid-19 no mesmo período e que 5.012 pessoas estão internadas em unidades de terapia intensiva. Ao todo, o Irã contabiliza 588.648 contaminações desde fevereiro.

O ministro da Saúde de Teerã, Said Namaki, atribuiu a alta no número de contágios "por causa de uma carência de recursos financeiros", que determina "uma insuficiência no número de cilindros de oxigênio, nos testes, em novas admissões para o setor sanitário e a impossibilidade de pagar salários e benefícios para os atuais funcionários".

"Um outro problema é o fato que algumas autoridades baixaram a guarda depois da queda das contaminações de maio e assim não adotaram medidas restritivas para observar os protocolos estabelecidos", concluiu Namaki.

O Irã é um dos países mais atingidos pela crise sanitária da Covid-19 no Oriente Médio e os números divulgados pelas autoridades não são considerados confiáveis.

Em agosto, uma reportagem da emissora britânica "BBC" apontava que os mortos eram cerca de 42 mil, usando como base dados hospitalares. Mas, Teerã informava oficialmente que eram 14.405 óbitos pela doença. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA