França prende 3º suspeito de atentado em Nice

Atentado na última quinta-feira deixou três mortos

Homenagens em frente à Basílica de Notre-Dame, em Nice
Homenagens em frente à Basílica de Notre-Dame, em Nice (foto: EPA)
15:08, 31 OutPARIS ZLR

(ANSA) - A polícia da França prendeu um terceiro suspeito de envolvimento no atentado que matou três pessoas, incluindo uma brasileira, na Basílica de Notre-Dame, em Nice.

O homem de 33 anos foi detido durante uma operação de busca na noite de sexta-feira (30). "Estamos tentando esclarecer qual foi o papel dele nisso tudo", disse uma fonte judiciária citada pela agência AFP.

Além do autor do ataque, o tunisiano Brahim Aouissaoui, a polícia francesa já prendeu dois suspeitos de terem mantido contato com o terrorista.

Os ministérios públicos de Tunísia e Itália também abriram inquéritos sobre o ataque, já que Aouissaoui chegou à Europa através da ilha italiana de Lampedusa, que fica a cerca de 100 quilômetros via mar do país africano, em setembro passado.

A polícia tunisiana já prendeu duas pessoas que estariam ligadas à difusão de um vídeo reivindicando o atentado em nome de um suposto grupo chamado "Mahdi". O Ministério Público do país ainda investiga se essa organização realmente existe.

A Tunísia também pedirá à França a extradição de Aouissaoui. O ataque no principal templo católico de Nice ocorreu na última quinta-feira (29) e deixou três mortos, incluindo a brasileira Simone Barreto, 44 anos, esfaqueada pelo terrorista.

Aouissaoui também matou um sacristão da Basílica de Notre-Dame e decapitou uma mulher. O ataque reacendeu o medo do terrorismo na França, cerca de duas semanas após a decapitação do professor Samuel Paty por um jihadista.

O docente foi morto por ter exibido charges do profeta Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão. (ANSA) 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA