Padre ortodoxo é baleado na porta de igreja em Lyon, na França

Viatura de polícia em Lyon, em foto de arquivo
Viatura de polícia em Lyon, em foto de arquivo (foto: EPA)
16:01, 31 OutPARIS ZLR

(ANSA) - Um padre ortodoxo de nacionalidade grega foi baleado enquanto fechava sua igreja em Lyon, na França, neste sábado (31).

O autor do ataque, ainda não identificado, teria usado uma espingarda e está sendo procurado pela polícia. Já o sacerdote, segundo a imprensa francesa, foi levado a um hospital em estado grave.

De acordo com uma fonte citada pela agência AFP, o padre tem 52 anos e sofreu dois tiros. Ele não usava sua batina no momento dos disparos.

O ministro do Interior da França, Gérald Darmanin, abriu uma célula de crise para acompanhar o caso, e a pasta também pediu para as pessoas evitarem a área do ataque.

O incidente acontece dois dias depois de o tunisiano Brahim Aouissaoui ter matado três pessoas, incluindo a brasileira Simone Barreto, 44 anos, em um ataque a faca na Basílica de Notre-Dame, em Nice.

Aouissaoui foi baleado pela polícia e está internado sob custódia das forças de segurança. Outros dois suspeitos de ligação com o tunisiano também foram presos.

Duas semanas antes, um professor, Samuel Paty, havia sido decapitado pelo jihadista russo Abdoullakh Abouyedovich Anzorov depois de ter exibido charges do profeta Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão.

Após o atentado de Nice, o presidente Emmanuel Macron fortaleceu a vigilância de igrejas na França e aumentou a força-tarefa antiterrorismo de 3 mil para 7 mil militares. (ANSA) 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA