Governo britânico já cogita estender novo lockdown

Medida valerá de 5 de novembro a 2 de dezembro

Protesto em Londres contra medidas restritivas, em 24 de outubro
Protesto em Londres contra medidas restritivas, em 24 de outubro (foto: EPA)
16:40, 01 NovLONDRES ZLR

(ANSA) - Um dia após ter decretado lockdown até 2 de dezembro, o governo do Reino Unido já cogita estender a medida para conter a pandemia do coronavírus Sars-CoV-2.

Em entrevista à Sky News, o ministro de Gabinete do premiê Boris Johnson, Michael Gove, disse neste domingo (1º) que os dados de contágio serão analisados em novembro, com a esperança de que o bloqueio reduza "significativamente" a taxa de infecção.

No entanto, ao ser questionado se seria possível um prolongamento do lockdown, Gove respondeu que sim. A medida anunciada por Johnson no último sábado (31) entrará em vigor em 5 de novembro, com fechamento de bares, restaurantes, academias e atividades não-essenciais. Já escolas e universidades seguirão abertas.

O primeiro-ministro também pediu que a população "fique em casa" para evitar a disseminação do vírus. Segundo o monitoramento da Universidade Johns Hopkins, dos EUA, o Reino Unido tem pouco mais de 1 milhão de casos confirmados do Sars-CoV-2 e 46,6 mil mortes e vem registrando cerca de 20 mil contágios por dia desde o início de outubro.

Outros países europeus também já decretaram lockdown parcial ou total para conter a segunda onda da pandemia, como França, Portugal, Grécia e Áustria. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA