Estado Islâmico assume autoria de ataque terrorista na Áustria

Pelo menos 4 pessoas morreram durante tiroteio em Viena

Estado Islâmico assume autoria de ataque em Viena (foto: Foto / Divulgação )
03:22, 04 NovROMA ZCC

(ANSA) - O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado em Viena, na capital austríaca, que deixou pelo menos quatro mortos na noite desta segunda-feira (2), informou o portal Site, da especialista em contraterrorismo Rita Katz.

Segundo a publicação, os terroristas afirmaram em seus meios de propaganda que o albanês Abu Dujana al-Albani realizou o ataque com armas e facas como um "soldado do califado".

Ainda de acordo com o portal contraterrorismo, o suspeito do ataque na Áustria é um cidadão austríaco-macedônio do norte chamado Kujtim Fejzulai, que cumpriu pena de prisão na Síria e foi libertado antecipadamente em dezembro.

Em um outro comunicado, a agência de propaganda dos jihadistas, a Amaq, divulgou uma foto do agressor explicando que ele é o autor da nova ofensiva do grupo.

Agora pouco, a polícia da Suíça anunciou a prisão de mais dois suspeitos de ter ligação com o atentado em Viena. Ontem, o centro da capital austríaca viveu momentos de terror devido à ação de um comando armado na véspera do início do novo lockdown contra a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Pelo menos quatro pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas por atiradores que abriram fogo aleatoriamente perto de uma sinagoga. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA