Homem lança carro no portão de sede do governo da Alemanha

Polícia abriu investigação para apurar motivação da colisão

Polícia abriu investigação para apurar motivação da colisão
Polícia abriu investigação para apurar motivação da colisão (foto: Reprodução / Twitter)
09:58, 25 NovBERLIM ZCC

(ANSA) - Um carro colidiu no portão do escritório da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, em Berlim, nesta quarta-feira (25), revelou o jornal alemão Bild, citando testemunhas.

Segundo as autoridades, o automóvel tinha a frase "Pare a política de globalização" rabiscada em branco no lado direito. Já no outro lado, haviam as palavras "Seus malditos assassinos de crianças e idosos".

A polícia fez uma inspeção no veículo, mas até agora não há informações sobre a motivação da batida. A ação teria ocorrido no momento em que o gabinete de Merkel estava reunido.

Em sua conta no Twitter, a polícia de Berlim confirmou a prisão do motorista, que foi retirado do carro em uma cadeira de rodas, e anunciou que abriu uma investigação para apurar se a colisão foi proposital. "Estamos tentando perceber se o condutor bateu deliberadamente contra o portão. Foi levado sob custódia", escreveu.

De acordo com o porta-voz do governo alemão, Merkel e os membros de seu gabinete não estiveram sob risco em nenhum momento.

Nesta quarta, Merkel tinha programado uma videoconferência com autoridades estaduais da Alemanha para discutir uma possível extensão do confinamento decretado no país e novas medidas para combater a propagação da pandemia do novo coronavírus. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA