Vilarejo milenar na Áustria mudará nome de Fucking para Fugging

Pequena comunidade 'sofre' há anos com piadas de turistas

Vilarejo austríaco de Fucking mudará o nome a partir de 1º de janeiro de 2021 (foto: WikimediaCommons)
13:24, 27 NovSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O pequeno vilarejo de Fucking, localizado na cidade de Tarsdorf, na Áustria, passará a se chamar Fugging a partir de 1º de janeiro de 2021 para tentar parar com a onda de visitantes que vão à comunidade para fazer piadas ao tirar fotos das placas. Isso porque, em inglês, o nome é um termo usado comumente para as relações sexuais.

A vila de 106 habitantes já havia tentado decidir por votação sobre a mudança, mas não houve consenso, já que quem mora próximo às placas gosta da presença dos turistas, mas os demais moradores não toleram. Por isso, a Câmara Municipal de Tarsdorf tomou a decisão de maneira unilateral, mantendo o som da pronúncia de maneira muito similar.

Além das fotos de zoação, houve roubos das placas - o que fez as autoridades fixarem a sinalização com concreto em 2005 - e casais iam ao local para fazer sexo. Para esse último caso, em 2009, foram instaladas câmeras de segurança para monitoramento.

Segundo registros da mídia local, os primeiros "turistas" a irem até as placas para tirarem fotos foram os soldados norte-americanos e britânicos, que foram ao local durante a Segunda Guerra Mundial. Desde então, a história do nome curioso se espalhou.

Fucking tem uma história milenar e fica a cerca de 350 quilômetros de distância da capital Viena. Datada de 1070, a localidade se chamava Vucchingen e teve a grafia do nome mudada por diversas vezes ao longo dos séculos, tendo adotado a terminologia atual no século 18.

Historiadores dizem, porém, que os primeiros assentamentos na localidade são do século 6 e que ele foi liderado por um nobre bávaro chamado Focko, de onde derivou o nome da comunidade. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA