Fundador do Alibaba, Jack Ma reaparece em público após meses

Sumiço de empresário gerou uma série de especulações mundiais

Jack Ma estava 'desaparecido' desde o fim de outubro
Jack Ma estava 'desaparecido' desde o fim de outubro (foto: EPA)
11:29, 20 JanPEQUIM ZGT

(ANSA) - O fundador do grupo Alibaba, Jack Ma, reapareceu nesta quarta-feira (20) em uma conferência virtual após ficar "sumido" de qualquer tipo de evento público desde o fim de outubro. O empresário participou de um encontro online com professores de áreas rurais da China, no âmbito dos projetos filantrópicos mantidos por sua empresa.

Não se sabe quais foram os motivos do sumiço de Jack, que vê as empresas Ant Group e Alibaba na mira das autoridades antitruste chinesas. Mas, diversas teorias surgiram durante o período - desde uma possível prisão ou que ele estivesse se protegendo das acusações do Partido Comunista Chinês e do presidente, Xi Jinping.

A reaparição de Jack ainda fez com que as ações do grupo Alibaba subissem 8,5% na Bolsa de Hong Kong.

O empresário é bastante conhecido por gostar de aparecer em eventos públicos, sejam profissionais ou não, e as primeiras notícias de seu sumiço vieram após ele deixar - ou ser retirado - do corpo de juízes de um reality show. Logo depois, o governo suspendeu o IPO de US$ 37 bilhões do Ant Group, que é uma subsidiária do Alibaba.

Segundo analistas, as ações do governo chinês são as maiores já feitas por Xi contra os magnatas da tecnologia e visam frear o avanço desse tipo de colosso digital por acreditarem que elas poderiam "minar" a estabilidade política atual.

Após as primeiras notícias de sumiço de Jack, o "Jornal do Povo", considerado a voz do PCC, publicou dois editoriais sobre as ações do antitruste.

"Para a economia das plataformas online, o reforço da supervisão contra monopólios não traz um 'inverno' para a indústria, mas sim um novo ponto de partida para um desenvolvimento melhor e mais saudável", dizia um deles à época. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA