Papa Francisco excomunga austríaca de 67 anos

Mulher celebrava missas em sua casa sem nenhum sacerdote

Segundo Igreja Católica, casal celebrava missas sem presença de sacerdotes
Segundo Igreja Católica, casal celebrava missas sem presença de sacerdotes (foto: ANSA)
09:13, 23 MaiCIDADE DO VATICANO ZBF

(ANSA) - O papa Francisco excomungou a presidente e co-fundadora do movimento católico "Nós Somos a Igreja", a austríaca Martha Heizer, de 67 anos, junto com seu marido Gert.

A notícia foi divulgada pelo jornal "Tiroler Tageszeitung" e pela agência católica "Kath.net". Segundo a imprensa austríaca, o Vaticano considerou como um "delito grave" as missas celebradas sem sacerdotes na residência do casal, em Absam.

"Estamos indignados", disseram Martha e Gert, que defendem reformas na doutrina católica. Eles se recusaram a aceitar a decisão da Igreja.

Excomunhão é a penalidade mais severa que a Igreja Católica pode impor a um cristão. http://www.papafrancesconewsapp.com/por/ (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA