Francisco cobra resposta conjunta contra o EI

Papa pediu maior "convergência internacional" para enfrentar o grupo

Conflitos no Iraque aparecem com frequência nos pronunciamentos de Francisco
Conflitos no Iraque aparecem com frequência nos pronunciamentos de Francisco (foto: EPA)
12:04, 07 DezCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - Em uma mensagem em vídeo enviada a refugiados cristãos que fugiram para Irbil, no Curdistão iraquiano, o papa Francisco pediu "com força" uma maior convergência internacional para resolver os conflitos causados pelo Estado Islâmico (EI).
    O recado foi levado aos fiéis pelo cardeal arcebispo de Lyon (França), Philippe Barbarin, que visitou a cidade curda neste sábado (6). Irbil virou o principal destino dos cristãos que deixam o município de Mosul, também no Iraque, para escapar das perseguições do grupo jihadista.
    "Peço com força uma maior convergência internacional para resolver os conflitos que ensanguentam as suas terras de origem, para enfrentar as outras razões que fazem as pessoas a abandonarem suas pátrias e para promover as condições para que elas possam permanecer ou retornar. Desejo que vocês possam retornar", disse o Pontífice, dirigindo-se aos refugiados.
    Francisco ainda afirmou que gostaria de estar ao lado dos cristãos em Irbil e lamentou o fato de não poder viajar à região para ficar mais próximo aos fiéis. "Parece que ali não querem que existam cristãos, mas vocês dão o testemunho de Cristo. Por causa de um grupo extremista e fundamentalista, comunidades inteiras, especialmente de cristãos e yazidis, partiram e até agora sofrem violências desumanas", acrescentou.
    O Papa também pediu para todos os líderes religiosos denunciarem violações da dignidade e dos direitos humanos. (ANSA)

 

http://www.papafrancesconewsapp.com/por

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA