Papa quer se aproximar dos norte-americanos em visita

Pontífice visitará os EUA entre os dias 22 e 28 de setembro

Papa quer usar viagem aos EUA para se aproximar da população do país
Papa quer usar viagem aos EUA para se aproximar da população do país (foto: ANSA)
13:36, 02 SetCIDADE DO VATICANO ZGT

(ANSA) - Em entrevista ao canal norte-americano "ABC News", o papa Francisco afirmou que quer se aproximar dos cidadãos do país através de toda a história dos Estados Unidos.

 

O material, que será apresentado no programa "World News Tonight" na próxima sexta-feira (04), foi moderado pelo apresentador David Muir no Vaticano e detalhes do encontro foram revelados pelo jornal "Il Sismografo".

 

Segundo Muir, o "Papa me disse que está pronto" para a viagem e "me concedeu várias mensagens para o povo norte-americano antes de sua histórica visita".

 

Além do apresentador, participaram de maneira "virtual" jovens estudantes que pertencem à escola dos jesuítas Cristo Rei de Chicago, os fiéis católicos que são membros da comunidade McAllen do Texas e voluntários de Los Angeles que trabalham com desabrigados e viciados em drogas.

 

Em um determinado momento da conversa via satélite, a jovem Valerie Herrera, 17 anos, contou que sofre bullying por causa de uma doença de pele e falou para o Pontífice que encontrou sua paz na música. Ao ouvir o relato, Jorge Mario Bergoglio pediu para a menina cantar para ele. Após uma pequena hesitação, ela ouviu um "coragem" do Papa e cantou uma música em espanhol.

 

A visita do Pontífice aos EUA começará no dia 22 de setembro, após uma passagem por Cuba. O sucessor de Bento XVI fará discursos no Congresso e na Assembleia das Nações Unidas e participará do Encontro Mundial da Família. (ANSA) http://www.papafrancesconewsapp.com/por

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA