Policiais de Milão ganharão bônus por visita do Papa

Francisco irá à capital da Lombardia no próximo dia 25 de março

Policiais fazem patrulha nos arredores do Domo de Milão, que receberá missa do Papa
Policiais fazem patrulha nos arredores do Domo de Milão, que receberá missa do Papa (foto: ANSA)
15:53, 17 MarMILÃO ZLR

(ANSA) - A Prefeitura e a Polícia de Milão chegaram a um acordo nesta sexta-feira (17) para dar um bônus salarial aos agentes da cidade por conta de uma visita do papa Francisco marcada para o próximo dia 25 de março.

A reivindicação havia sido feita pelos policiais no início da semana, já que a segurança do líder da Igreja Católica demandará trabalho extra por mais de 12 horas. O acordo prevê que os agentes ganhem de 89 a 140 euros a mais, algo em torno de 10% do salário mensal de um policial, dependendo de seu cargo.

"Como estamos vivendo em Milão uma época de grandes eventos, devemos saber que sempre haverá a necessidade de horas extras", disse o prefeito da cidade, Giuseppe Sala. "Procuramos regulamentar isso, reconhecendo o que acreditamos ser justo", acrescentou.

O acordo com a Polícia deve valer para outros grandes eventos que aconteçam na capital da Lombardia, evitando negociações de última hora. Em Milão, o Papa se encontrará com moradores, visitará o Domo e irá à penitenciária de San Vittore. Além disso, se reunirá com jovens recém-crismados no estádio San Siro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA